Hoje em dia, as dolorosas sessões de depilação com cera e a velha lâmina de barbear podem ser substituídas pela depilação a laser. O mais animador é que as sessões, que antes exigiam planejamento financeiro, estão sendo oferecidas a preços cada vez mais atraentes, o que aumenta muito o número de adeptos. Além disso, aparelhos mais modernos estão deixando as sessões mais

A depilação a laser é definitiva?

O resultado das sessões depende do tipo de pele de cada pessoa, sendo a cor do pelo e o tom da pele duas importantes características. Isso acontece porque o tipo de luz utilizado nos lasers é absorvido pelo pigmento marrom encontrado nos pelos. O calor gerado pela luz “torra” o folículo, causando grande dano (que pode ser permanente ou não, dependendo da intensidade da energia que atinge o pelo).

Quanto tempo leva o tratamento?

Normalmente, são necessárias pelo menos cinco sessões para que os resultados sejam significativos, mas a quantidade total pode variar de pessoa para pessoa.

O tratamento é doloroso?

A dor tende a ser de característica muito individual, áreas com a pele mais escurecida são normalmente mais sensíveis. A utilização de anestésicos locais e equipamentos com a ponteira resfriada tendem a resolver a maior parte dos problemas.

Homens podem fazer depilação a laser?

Não há contraindicação para a depilação a laser no sexo masculino, além disso, a técnica pode ser uma ótima solução para homens com foliculite da barba – inflamação dos pelos devido à  utilização da lâmina de barbear.

Pessoas com pele escura podem fazer o tratamento?

Pessoas com a pele mais escura podem fazer a depilação a laser, desde que seja utilizado o aparelho correto e por profissional médico capacitado.

Como fica a pele depois da sessão?

A pele tratada pode ficar vermelha e sensível logo após a sessão. Para aliviar este sintoma, é importante utilizar apenas o que for recomendado pelo médico que está acompanhando o tratamento. Em alguns casos, pode haver até a formação de casquinhas nas áreas atingidas pelo laser.

Quais os riscos do procedimento?

Para que não ocorram queimaduras, até mesmo com formação de bolhas, é importante que todo o procedimento seja feito por profissionais especializados e capacitados, através de técnica adequada ao tipo de pele do paciente.

Também é necessário avaliação dermatológica prévia para determinar alguma morbidade que contra-indique a aplicação do laser, como a existência de tumores de pele.

Ficou com alguma dúvida? Ligue para Clínica Sandin através do telefone (48) 3247-5158 ou entre em contato através do site, clicando aqui.