Quando você vai ao supermercado fica na dúvida sobre qual é a melhor escolha: um produto LIGHT ou DIET? A maioria das pessoas não sabe o que significam estes termos e faz confusão entre eles.

Normalmente, produtos diets ou lights são consumidos sem distinção em dietas de emagrecimento. Mas cada um tem um público-alvo específico e o consumo incorreto pode ter o efeito contrário, contribuindo para o aumento de peso. É importante para um consumo correto, que você leia o rótulo e compare as informações nutricionais e veja  quais são suas necessidades e o que atende melhor a sua dieta

Um alimento diet tem ausência total de um componente. Isso significa que existe a ausência de algum ingrediente, que pode ser o açúcar, o sal, a gordura, etc. É recomendado a uma população específica, como por exemplo, o açúcar, são indicados para as pessoas com diabetes ou com intolerância a glicose.

O alimento light tem redução de pelo menos 25% de um dos componentes. Isso quer dizer que o alimento ainda continua ter esse componente, mas em menor quantidade. A redução pode ser no açúcar, gordura, sódio, calorias ou qualquer outra coisa.

 

É importante sempre ficar atento ao rótulo desses alimentos, pois em alguns a quantidade de gordura pode ser muito maior do que o produto original. O ideal para uma alimentação saudável é sempre dar preferência para os alimentos naturais, como frutas verduras, legumes e consumir os industrializados com moderação.

Antes de iniciar qualquer dieta e passar a consumir estes produtos, consulte um nutricionista para obter resultados satisfatórios, saudáveis e duradouros.


Ficou com alguma dúvida? Ligue para Clínica Sandin através do telefone (48) 3247-5158 ou entre em contato através do site, clicando aqui.

Para mais dicas, curta nossa fan page e acompanhe nossas atualizações!